3 Lições Sobre Tomar Melhores Decisões Que as Eleições Podem Te Ensinar

Você pode retirar aprendizado de qualquer situação ou contexto com um pouco de perspicácia.

Diante de nosso contexto eleitoral, observei dentro das poucas discussões nas quais me envolvi o que seria valioso para todos nós aprendermos a refinar e a resposta que surgiu foi “definitivamente como tomar melhores decisões”.

Decisões se tratam de escolhas e você se depara com elas a todo momento do dia a dia. O que comer no café da manhã, que roupa vestir, com quem almoçar hoje, qual o melhor modelo de celular para comprar, o que fazer para voltar a falar com o amigo com quem brigou recentemente, etc.

Essas escolhas você faz normalmente sem nem prestar atenção, quase inconsciente, por dois motivos: são repetitivas, já que são feitas com frequência, e possuem baixo impacto na sua vida, já que o lugar do almoço não vai fazer muita diferença no seu futuro.

Quando nos deparamos com grandes e importantes decisões, aí sim prestamos atenção. Como escolher o futuro profissional? Como decidir para onde se mudar? É melhor terminar o relacionamento e partir para algo diferente? Em quem votar esse ano?

E é apenas nesses momentos que notamos nosso despreparo para escolher o que melhor se adequa a nossas intenções. Ficamos perdidos. São tantas opções. Há tantos debates, tantas informações, que nos sentimos sobrecarregados rapidamente.

Continue lendo

 

O efeito da Rainha Vermelha e como realmente sair do lugar

Você já notou como no universo profissional as demandas estão ficando cada vez maiores?

Há 10 anos, saber falar inglês e ter o pacote Office no currículo era um diferencial e tanto. Há 5 anos, saber falar inglês não era mais suficiente: você também teria que desenvolver habilidades “interpessoais” e saber trabalhar em equipe.

Hoje? Você precisa de pelo menos duas línguas estrangeiras, domínio do Office e outras ferramentas específicas, saber se comunicar, saber trabalhar em equipe, ser um líder, ter tido experiência no exterior, dirigir, saber cozinhar, passar roupa, cantar bem, consertar a pia…

As demandas estão alcançando um patamar surreal.

Continue lendo

 

Este Texto Pode LITERALMENTE Salvar Sua Vida

Quase ninguém sabe, mas para usar nosso cérebro bem, você precisa ler o “manual do aparelho”.

Tal manual não veio anexado. Na realidade, ele nem existe por completo: os cientistas da área têm feito um grande esforço para ir criando e atualizando conforme nossa compreensão da mente humana avança.

No dia a dia, olhando a mente “pelo lado de dentro”, não se nota a necessidade de um guia de uso, já que ela parece funcionar bem. Essa ilusão existe porque um equipamento “quebrado” raramente consegue identificar o próprio defeito. Mas as falhas estão lá, só você não está vendo.

Continue lendo

 

ONTEM EU VI UM FANTASMA

Era uma noite como outra qualquer.

Eu estava com uma carga extra de trabalho para fazer e pouco tempo para terminar, então precisei ficar acordado até tarde na madrugada.

Quando estou me preparando para deitar, ouço um barulho na janela. Até aí tudo bem, barulhos aleatórios acontecem. Até que o barulho se repetiu e o som gerado parecia com alguém batendo na janela. Já na cama, eu parei, curioso.

Continue lendo