• Share on Google+
Ser bem sucedido é uma luta diária.

Manter um bom hábito também é uma luta diária, embora essa luta fique cada vez mais tranquila com o passar do tempo.

Ser produtivo é a luta mais desleal de todas. Ela quase não fica mais fácil com o passar do tempo e você vai enfrentá-la diariamente, para sempre.

Nas últimas semanas, tenho observado quais fatores me levam a ser improdutivo e procrastinar num dia qualquer. Aprendi que além de não confiar em meu eu futuro, outro fator de importância é dar atenção à rotina. Ou, pondo de outra maneira, não pular “pequenos passos”.

Vejamos: num dia ideal, durmo cedo (antes das 21h), acordo às 5h30, corro 3 milhas e começo a produzir por volta das 7h30. Passo o dia inteiro ou produzindo, ou consumindo conteúdo de qualidade (podcasts, vídeos, leitura de livros etc.), ou descansando, sem nenhuma distração (séries, facebook em excesso, twitter etc.) até o final do dia; à noite faço algo mais leve (ou nada). Essa é uma rotina simplificada.

Se eu começo a me fazer concessões, como “hoje vou dormir até um pouco mais tarde”, “não vou correr, está fazendo muito frio”, “vou ver só um capítulo dessa série”, o dia desmorona. Sério. Pequenas concessões têm o poder de atrair mais pequenas concessões e, no final das contas, você teve um resultado pífio durante o dia.

Aprendizado? Estabeleça uma rotina e siga ela por completo; sem abrir espaço para pensar e seu cérebro criar desculpas. Você vai criar momentum (“embalo”, impulsão) e terminará seus afazeres de uma maneira muito mais tranquila do que imagina. Isso sem mencionar a sensação incrível de terminar o dia tendo concluído tudo o que você se propôs a fazer.

  • Gustavo Luby
    Responder
    Author
    Gustavo Luby

    Muito bom, vai me ajudar bastante. Você conseguiu apresentar um problema que eu tenho, que são exatamente essas pequenas concessões..

    Esse blog realmente esta mudando minha vida, foi como um estopim para uma grande mudança, tenho 17 anos e acredito que com a ajuda de vocês conseguirei criar e atingir minhas metas!

    Obrigado!

  • Raí Gomes Leopoldo
    Responder
    Author
    Raí Gomes Leopoldo

    Novamente, parabéns!
    Texto muito conveniente e retratando situações problemas que todos nós precisamos enxergar em nosso dia a dia e buscar sempre estabelecer foco em nossas atividades. ;)
    Agora me veio uma dúvida, Paulo no seu e-book você falou que devemos parar de planejar e passar a executar, mas aqui você toca na questão de estabelecermos uma rotina. Isso em si, já não é uma forma de planejamento? Acho que essa questão reforça o que já houvi em uma das palestras virtuais da endeavour. Não me lembro o nome do cara, mas ele falou que o planejamento de um projeto ele pode ser feito de forma medíocre desde que a execução seja perfeita. ;) Então, será que não devemos encontrar uma intersecção entre o planejamento e a execução, já que o planejamento diminui os riscos? Ou planejar bem a execução e realmente executa-la?
    Por fim, obrigado por compartilhar conhecimento! ;)