Desenvolvimento Pessoal se Trata de Alcançar Auto-Maestria

Vista de Itamaracá

Eu já discuti por aqui qual seria uma definição desenvolvimento pessoal. A wikipedia coloca como “a temática que abarca os diversos conhecimentos, conceitos, recursos e técnicas relacionados ao desenvolvimento do potencial humano.” Como falei na época:

Toda vez que alguém ouve “desenvolvimento pessoal”, o pensamento vai direto aos livros de auto-ajuda, no estilo “Você pode tudo”, “Ame a si mesmo bláblá”. Isso faz com que as pessoas julguem errado o tipo de mudança a que podem ter acesso e as pessoas que estão no caminho do desenvolvimento pessoal.

Hoje, depois de mais de um ano em um processo contínuo de melhora em várias áreas da vida, tenho uma visão um pouco mais prática do que seria desenvolvimento pessoal para compartilhar.

Trata-se de, no fundo, alcançar maestria sobre si mesmo.

O Poder de Alterar a Realidade

Muita gente não pensa sobre isto. Melhor, quase ninguém pensa sobre isto, de verdade.

Em que você pode melhorar, como pessoa?

Uma pergunta simples, mas poderosa. Normalmente, mudamos apenas quando as circunstâncias nos forçam, mas rapidamente encolhemos para nosso casulo da rotina e dos velhos hábitos. Como já disse, você não precisa esperar eventos a sua volta bater com um martelo em sua cabeça para decidir acordar; dá para fazer isso consciente, agora. É, em parte, uma questão de decisão.

Por exemplo, vou compartilhar algo pessoal.

Uma das resoluções pessoais para 2013 foi ação. Esse é o ano em que eu precisava começar a agir, trazer algo tangível para minha vida. Em 2012, fiquei preso em projetos que não caminharam, perdido em planos com potencial, mas sem ação. Por isso, 2013 seria o ano em que eu faria as coisas acontecerem. Até compartilhei essa mensagem com meus amigos na virada do ano:

2013: “Fale menos, faça mais”.

Além de saúde, que está razoavelmente fora do nosso alcance, desejo isso para vocês (e para mim!). O que a gente faz nos define como pessoa, não adianta ter belos planos, boas inteções, ou amar loucamente se você não AGE, se você não transforma isso em ações.

Lembre de ser grato pelas lições e oportunidades de 2012. Agora é só olhar para frente.

Feliz 2013 a todos, beijo nas meninas e abraço nos rapazes.

Eu identifiquei uma área na minha vida em que eu poderia melhorar e comecei a agir em direção a isso. Esse ano já dei um pontapé inicial – ainda que tímido – na TV Estrategistas, publiquei textos que foram lidos por mais de um milhão de pessoas, escrevi um livro em alguns dias, enfim, comecei a agir no que eu precisava melhorar. Fazer as coisas acontecerem.

Note que eu não acho que sou especial por causa disso. Não, simplesmente prestei atenção a um ponto crucial para meu futuro, identifiquei o que podia fazer e fui agindo nesse sentido. Nem sempre o caminho é claro, mas confusão também faz parte do aprendizado. Continuar empurrando na direção certa, você vai chegar lá.

Para desfazer a áurea mística por trás do desenvolvimento pessoal, trata-se apena de:

  1. Conhecer as próprias metas e aspirações na vida
  2. Analisar em que você pode melhorar para te deixar mais próximo do que você quer
  3. Agir sobre isso

A palavra “pessoal” da expressão significa que tudo relacionado ao que você comanda pode ser mudado. Por exemplo: criar um estilo de vida mais saudável, comer melhor, melhorar os estudos, diminuir as distrações, implantar um sistema de gerenciamento, melhorar o relacionamento interperssoal, ler mais, produzir mais, etc.

Controle Total Sobre Sua Vida

Em Engenharia, quando estudamos qualquer tipo de processo, uma ferramenta útil é analisar o processo no estado estacionário. Ou seja, se perguntar: depois de ter passado muito tempo, o que acontece com as variáveis do sistema? Como seria o cenário naquele momento?

(Tecnicamente, fazer o tempo das expressões que descrevem o sistema tender ao infinito e estudar os limites),

Pensar assim nos ajuda a entender, mesmo para sistemas complexos, com muitos fatores influenciando uns aos outros, qual é o resultado final.

Aplicando similarmente ao desenvolvimento pessoal, com o que se pareceria a vida de uma pessoa que chegou no máximo de desenvolvimento possível?

Resposta: ela teria controle total sobre si mesmo.

Controle sobre a saúde física, sobre o nível de produtividade, sobre a qualidade das relações interpessoais, sobre as finanças, controle sobre tudo no que diz respeito a si mesma. Esse seria o resultado se tivéssemos a eternidade para continuar melhorando e refinando nossa vida.

Embora não tenhamos tanto tempo disponível assim, o pensamento ainda é válido pois ele termina revelando a verdadeira natureza da  jornada. Desenvovlimento pessoal não se trata de PNL, ou de melhoria da confiança, ou de organizar sonhos e metas; tudo isso são ferramentas, variáveis do sistema (pelo exemplo acima). O objetivo final é maestria sobre si mesmo.

Você vai alcançá-lo? Não. Estamos sujeitos ao acaso em muitas coisas a nossa volta, mas isso não significa que esse não seja um caminho válido de seguir. Você ficaria surpreso com quão enorme os resultados podem ser se tiver disposto a tentar.

 

Paulo Ribeiro

Autor, empreendedor, amante do aprendizado e um estrategista moderno. Escreve sobre estratégias para viver uma vida melhor e mais significativa.

 

5 thoughts on “Desenvolvimento Pessoal se Trata de Alcançar Auto-Maestria

  1. Grande Paulo, mais um ótimo tópico que abriu caminhos para minha maestria, mesmo que não seja possível alcança-la, o caminho deve ser bastante interessante.

  2. Excelente texto Paulo!

    Cara, tenho uma admiração enorme pelo seu jeito de pensar. Principalmente pelo fato de você muitas vezes compartilhar ‘segredos’, estratégias absolutamente diferentes que é totalmente growth-hack e isso poupa muito tempo.
    Só para acrescentar seria legal se você traçasse metas e a cada meta haver um auto-prêmio. E enfim, restou me uma dúvida você tem a maestria sobre si?

    1. obrigado! feliz fico quando alguém gosta e aplica na vida.

      o caminho é longo. estou nessa há alguns anos e já vejo otimizações MUITO melhores do que uma pessoa que nunca buscou melhorar hábitos e evoluir em produtividade. mas ainda estou longe do que quero, certas coisas levam tempo.

      por exemplo, agora não há espaço na minha vida para cuidar de meu corpo do jeito que queria, com atividade constante, esportes, artes marciais etc.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *