Estudo de caso: e se eu quiser aprender a jogar futebol?

Estudo de caso: e se eu quiser aprender a jogar futebol?
27 Flares Twitter 6 Facebook 21 Google+ 0 LinkedIn 0 27 Flares ×

O aprendizado é universal. Não importa o que você esteja tentando aprender, o modo como você aborda o problema é o mesmo; o que varia, quando varia, são especificidades relacionadas aos tópicos.

Por exemplo, aprender a cozinhar não vai usar as mesmas técnicas de memória que estudar física quântica: enquanto uma atividade é mais procedimental, com feedback constante (você vai acompanhando o desenvolvimento do seu trabalho), física quântica é mais teórico, requer um base diferenciada de matemática, etc.

Então, o leitor Saulo comentou no nosso videocast sobre aprendizado como seria possível aplicar tudo isso para aprender a jogar futebol. Eu achei uma pergunta surpreendentemente boa e resolvi compartilhar com vocês aqui.

Garotos Jogando Futebol
Se você tivesse começado cedo, hoje já seria um Ronaldinho da vida.

Aprendendo a Jogar Futebol

1. Defina qual é o problema e qual vai ser a solução

‘Futebol’ é algo muito abstrato. Vamos nos tornar mais específicos aqui, lembrando aqui especificidade é irmã do foco, que irá nos ajudar bastante com os resultados.

Pergunta-chave: Que tipo de futebol você quer saber jogar e como vai saber que aprendeu?

Pode ser futebol de campo, de areia, futsal, futebol society; escolha um. Dentro do futebol escolhido, selecione uma posição na qual você quer jogar. Afinal de contas, posições diferentes requerem habilidades diferentes; e como estamos sendo minuncisos aqui, isso fará toda diferença.

A seguir, defina como você vai saber que conseguiu o que queria: imagine um futuro em que você sabe jogar futebol; o que você faz de diferente?

Saber onde quer chegar é importante para definir sua meta. Digamos que você escolheu futebol society (aquelas quadras pequenas com grama artificial), sua meta pode ser ‘jogar uma partida no clube mais perto no time dos jogadores experientes sem estragar tudo’. Ou ‘participar de um campeonato de society e me destacar’. Pegue um objetivo específico e que contenha aquilo que você quer alcançar.

Problema e Solução
“Antes de lidar com um problema, você precisa defini-lo bem.”

2. Desconstrua o monstro: quebre a habilidade em sub-habilidades

Neste exemplo, vamos supor que você escolheu jogar “atrás”, ser zagueiro nas peladas de futebol society. O que um zagueiro bom faz? Aqui, cabe muito bem você fazer sua pesquisa-dever-de-casa. Vá para alguns jogos, observe o que como os bons zagueiros jogam e como eles se diferenciam dos ruins:

  • Ser rápido é importante? ou é uma questão de força física?
  • Eles cabeceiam bem?
  • Como eles se posicionam e se movimentam em campo?
  • A marcação é feita como: ele marca o jogador ou a bola?
  • Para roubar a bola, como eles costumam fazer?
  • O que eles fazem quando recebem a bola: saem jogando ou tocam rápido?

Uma vez que você tenha quebrado “ser zagueiro em futebol society” em várias habilidades como “correr bem, cercar bem o atacante, sair jogando tranquilamente com a bola, etc etc”, é a hora de escolher.

Luta com monstros
Seu desafio não é tão assustador assim.

3. Aplique o principio 80-20 (Pareto) e defina uma sequência

Quais são os 20% das sub-habilidades mais importantes?

Essa é a ideia da geral de Pareto: os 20% mais importantes iram trazer 80% dos resultados. É nelas que você vai focar (notou o quanto a gente vem focando/especificando desde o começo?). Mais interessante aqui: na hora de escolher, leve em consideração coisas nas quais você já é bom para acelerar o processo.

Digamos que você já jogue futebol americano como quarterback (aquele cara que lança as bolas). Então, você já é acostumado com pressão e tem normalmente uma boa visão de jogo. Isso pode te ajudar a masterizar a saída de bola, no caso das habilidades de um zagueiro. O importante aqui é usar o que você tem para te auxiliar.

Quando você tiver selecionado, é hora de dar ordem. Eu não fiz o trabalho de campo em si (não fui ver jogos nem nada parecido), estou escrevendo esse texto como exemplo de abordagem. Mas, é seguro assumir que para um zagueiro de society, a prioridade seria: marcação, roubada de bola e saída de jogo.

Em qual ordem você deve aprender essas habilidades? Bem, para roubar a bola, você precisa saber marcar, então é meio claro que você deva aprender primeiro a marcar. E ‘sair jogando com a bola’ é algo mais complexo, então definimos nossa sequência: marcar, roubar a bola e sair jogando.

Regra de Pareto
 O princípio de Pareto implica: 20% dos esforços vão trazer 80% dos resultados.

4. Seja criativo na hora de desenvolver um plano de prática

Note que ‘aprender a marcar’ não é a mesma coisa que ‘ir jogar uma pelada’. É algo diferenciado e precisa ser tratado com especificidade; você precisa sair com exatamente esse objetivo. Então, faça sua mágica: chame um amigo que sabe e peça sugestões de que tipo de treino você pode fazer para melhorar sua marcação. Não importe em parecer louco, ignore o que os outros pensam nesse estágio.

Se for preciso, contrate alguém, busque ajuda especializada. Facilita na hora de fazer um treino focado. Desenvolva um plano de ataque e se prepare para guerra.

Pink e Cérebro
Você não vai dominar o mundo, é só um plano de aprendizado

5. Defina a frequência e crie apostas

Com que frequência você vai praticar? Duas vezes por semana? Todo dia?

Isso aqui vai depender da sua disponibilidade e da importância de seu objetivo. Se você quer ser um zagueiro profissional de futebol society (nem sei se isso existe), você precisa de uma frequência maior do que alguém que quer aprender a jogar para se divertir com os amigos. O importante é selecionar uma frequência que você vá manter.

Para se manter no plano, você aposta, simples assim. Poucas coisas motivam mais o ser humano do que a perda de dinheiro. Nesse caso, eu apostaria algo como 60~70% do meu salário? Essa deve ser uma quantia boa para te deixar com medo de perder, mas que te deixe capaz de pagar caso isso aconteça. De preferência, faça isso de modo público: “se eu não conseguir a-meta-que-você-definiu-no-passo-1, vou pegar a grana e dar para o atual namorado da minha ex”, ou uma caridade que você desgosta “se você é cristão, a grana vai para o fundo de ateístas”, e vice versa.

O importante é que o dinheiro vá para algo que bata de frente com seus princípios fundamentais. Isso vai te deixar completamente energizado.

Roleta de Cassino
Melhor apostar em si mesmo do que no acaso.

6. Se divirta no processo

Qual o sentido de começar um autodesafio desses se você não está se divertindo? Eu acredito que não há solução perfeita para o caso da motivação, mas quando você escolhe uma meta porque está fazendo algo divertido no processo de alcançá-la, não importa se você a alcance ou não, já que você terá ótimos momentos. E, contra-intuitivamente, é exatamente aí que suas chances de sucesso aumentam.

—-

Pronto, esse é um passo a passo que usaria para aprender futebol. Como vimos, podemos ser muito mais específicos que imaginamos e isso ajuda bastante na hora de dominar algum tópico. O aprendizado permeia toda nossa vida, então é essencial que você tenha um jeito sistemático de abordar as coisas.

PARA SABER MAIS: Escrevi um site inteiro dedicado a aprender mais rápido, técnicas de meta-aprendizado e de estudo. Para ter acesso ao Círculo Secreto do Aprendizado, acesse aprendizadoacelerado.com

27 Flares Twitter 6 Facebook 21 Google+ 0 LinkedIn 0 27 Flares ×