Afinal de contas, onde estão os Estrategistas hoje?

Há 6 anos nossa história começou. Tudo veio com base em um grande questionamento:

“O que fazer para criar mais riqueza, ser uma pessoa melhor e fazer a diferença no mundo?”

Eduardo e eu não tínhamos a menor ideia do que estávamos fazendo na época. Nós buscamos referenciais para nos guiar, mas encontramos pouca coisa. Por um lado, o conselho da geração dos nossos pais não funcionava mais: o mundo tinha mudado muito. Por outro, éramos bombardeados online de pessoas com “métodos garantidos” para a produtividade e o sucesso.

Em resumo, não existia material autêntico, especialmente no Brasil (em português), sobre como seguir crescendo na vida. Por isso, Eduardo e eu, inspirados por um mentor (Sebastian Marshall), criamos o Estrategistas para compartilhar os aprendizados de nossa jornada.

Um projeto de mudança pessoal, de construção de cidadãos globais, capazes de entender a realidade, de gerar riqueza, de ajudar as pessoas, de fazer a diferença no mundo. Estamos construindo nosso caminho, com muita incerteza e dificuldade. Afinal de contas, não somos gurus, não temos resposta prontas para te oferecer; estamos na jornada e vamos compartilhando conforme vamos aprendendo.

Hoje, pouco mais de 5 anos depois, o Estrategistas já foi acessado por quase 500.000 pessoas.

Quase 6 anos separam essas fotos.

Dois garotos, meio perdidos na vida, documentando uma jornada de aprendizado e crescimento. Toda essa recepção e os milhares de emails que recebemos nos últimos anos nos diz uma coisa: não estamos sozinhos.

O que vocês fazem da vida hoje?

Bom, essa é a parte mais interessante. Nos últimos 3 anos, nossas carreiras tomaram caminhos bem diferentes.

Por um lado, Eduardo segui com o sonho de se tornar um investidor. Entrou para a Triaxis Capital, empresa que gerencia um fundo de venture capital para investir em startups no Brasil. Depois de um ano, ele se tornou sócio e seguiu viajando o país, conhecendo gente e ajudando empreendedores a crescer negócios.

Do outro lado estava eu, por incrível que pareça, cada vez mais mergulhado no mundo do marketing. Sempre fui fascinado em resolver problemas e terminei encontrando no marketing de startups uma maneira excelente para resolver problemas de negócio e capturar uma fração do valor das minhas soluções.

Até que aconteceu o que não prevíamos. Uma startup explodiu em termos de crescimento aqui em Recife. Isso ainda é bem raro no Brasil, especialmente fora do eixo RJ-SP.

Quando uma empresa entra na fase de crescimento acelerado (tipo dobrar de tamanho a cada 6 meses), muita coisa maluca começa a acontecer. Uma delas é clara: ela precisa absorver talento classe A para continuar a crescer rápido.

O próximo passo foi até esperado. Primeiro, fui eu quem me juntei a In Loco (startup de mídia mobile), para ajudar a estruturar o time de marketing durante esse crescimento acelerado. Um ano depois, foi a vez de Eduardo receber a oferta, que trouxe toda a bagagem de tecnologia e o conhecimento de negócios para comprar o desafio de ser gerente de produto.

Como podemos te ajudar?

Agora, estamos de volta a documentar nossa jornada. Em um ritmo menos intenso, pois não sou mais escritor (de carreira) e além da In Loco consegui montar um time A+ para fundar a primeira agência especializada em crescimento do Brasil, a GetEscala.

De certo modo, nós sentimos que usamos tudo que viemos aprendendo e, aos trancos e barrancos, as coisas caminharam numa direção de crescimento e satisfação muito boa. E mais importante: somos antifrágeis, temos praticamente zero ansiedade de carreira.

Queremos continuar compartilhando os aprendizados dessa nova etapa. Vamos publicar toda semana um compilado anônimo com resposta às perguntas recebidas. Nosso email está aberto, contato @ estrategistas.com.

P.S.: Quer outro fato curioso? Hoje “estrategista” é meu cargo oficial. No momento, estou transicionando do marketing para criar a área de estratégia da In Loco.

 

Paulo Ribeiro

Autor, empreendedor, amante do aprendizado e um estrategista moderno. Escreve sobre estratégias para viver uma vida melhor e mais significativa.