Quais 8 podcasts eu ouço (e por quê)

Há uma quantidade cada vez maior de conteúdo sendo produzido no formato de áudio. Pela praticidade, ele se integra melhor ao nosso dia a dia e pode ser consumido em “background”. É uma das melhores maneiras de preencher seu tempo morto, como períodos de trânsito, espera em filas, lavagem de pratos, etc.

Tenho ouvido muitas horas por semana de conteúdo nos últimos meses. A seguir, seguem meus podcasts favoritos (e os motivos pelos quais os ouço).

Hardcore History

História é algo chato, cheio de datas e pessoas famosas? Errado. E esse podcast é a melhor prova disso. Dan Carlin tem a melhor pedagogia para discutir história que já vi: ele mergulha em um período, aprende tudo sobre ele e depois narra detalhes e principais aprendizados daquela janela.É a melhor fonte inicial para estudar qualquer período histórico.

Os shows têm uma produção incrível, são melhores que a maioria dos audiolivros lá fora. Além disso, Dan teve carreira em Rádios, e possui uma dicção/comunicação muito adaptada para isso. Seu outro podcast, Common Sense, é bom também, embora seja focado em temos atuais do contexto norte-americano.

Recomendo: Todos. Sério.

 

The Knowledge Project

Shane Parrish é a mente por trás do Farnam Street, um dos melhores repositórios de conhecimento sobre como viver uma vida melhor da internet. Fugindo do padrão, gosto de ouvir porque ele tem a tendência de encontrar gente brilhante (polimatas) que são pouco conhecidas na internet.

Recomendo: Morgan Housel, Naval Ravikant, Rory Sutherland, Ed Latimore.

 

The Jordan B Peterson Podcast

Sinceramente não sei por onde começar com Jordan Peterson. Descobrir ele na internet há alguns meses e fui um dos pensadores com mais impacto na minha visão de mundo dos últimos anos. E prevejo mais impacto vindo daqui para frente. Tenho consumido muito material dele, estou na fase de “digestão” – pode esperar muitos textos com a visão de mundo que ele compartilha. Só para demonstrar a ponta do iceberg, basta dizer que, mesmo ateu, voltei a frequentar igrejas por conta dele.

Recomendo: The necessity of virtue, How to change the world.

 

The Joe Rogan Experience

Joe Rogan tem mais de um bilhão de downloads por ano.

Deixe essa mensagem assentar na sua mente.

1 bilhão.

O cara deve estar fazendo algo certo. Comediante stand-up, também é comentarista do UFC. Como entrevistador, ele é muito bom, além de ser genuíno, desde fazendo piada bobas com amigos até discutindo física quântica com um PhD.

Recomendo: Jordan Peterson (1,2,3) , Robert Greene, Hannibal Buress (todos), Neil deGrasse Tyson

 

On Being

Ótimas entrevistas com pensadores e expoentes da literatura. Não entendo o porquê, mas esse conteúdo é lindo e comovente de um jeito que me faz sentir elevado intelectualmente. Junte isso ao fato de Krista Tippett ter uma das vozes mais lindas que já ouvi.

Recomendo: Alain de Botton

 

Jocko Podcast

Jocko tem uma perspectiva de vida fascinante. Membro da tropa de elite das forças armadas americanas, vários períodos no campo de batalha, casado, filhos… enfim, bastante experiência de vida, sob uma perspectiva militar. As entrevistas são valiosas. Ficou famoso depois da primeira aparição no podcast do Tim Ferris.

Recomendo: Facing your inner darkness, Strategikon, USMC manual

 

Rubin Report

Conheço pouco desse podcast, mas o Rubin também é um bom entrevistador e não se nega a trazer convidados “polêmicos” segundo a mídia tradicional, o que faz do podcast dele fonte única de insights.

Recomendo: Gad Saad, James Demora

 

The Tim Ferris Show

Estou um pouco cansado da abordagem de Tim Ferris de achar que é possível desconstruir todos os aspectos das pessoas bem sucedidas e replicar as partes em sua vida (“acordar, meditar, tomar um chá da erva da índica, escrever jornal de gratidão com capa de eucalipto, acender incenso, fazer esses 7 exercícios, tomar esses 3 suplementos, etc”). No mundo real, é mais complexo do que isto e essa pegada dele já me cansou, mas casualmente ele tem acesso a convidados “inacessíveis”, daí vale ouvir de todo jeito.

Recomendo: Naval Raikant, Jamie Foxx, Alain de Botton

 

Paulo Ribeiro

Autor, empreendedor, amante do aprendizado e um estrategista moderno. Escreve sobre estratégias para viver uma vida melhor e mais significativa.